domingo, 1 de março de 2009

Ensaio 1: Pôr - do - Sol








Crepúsculo
Autor: Julio Figueiredo
Cai a tarde devagar.
A brisa que vem do mar,
Tonaliza na folhagem,
Seus murmúrios desiguais,
Misto de sons musicais
E rangidos de engrenagem.
A mente vagueia incerta
Pela campina deserta
Da inteligência abstrata.
Badalar de sino ao longe,
Tangido por mãos de monge,
A consciência desta.
Repique de sinarada,
Essa canção misturada,
Inocente melodia
Que faz rezar um descrente,
Tão suave e comovente
Na hora D´Ave Maria.
Santos, outubro de 1957.


9 comentários:

Nanda Assis disse...

maravilhoso!! lindas as fotos.

bjosss...

Multiolhares disse...

a brisa que vem do mar
inunda o nosso olhar
e ficamoa adornados de cores

lindas fotos
Beijo

Ric@rdo disse...

Adoro ver o por-do-sol.

Obrigado pela visita.
Beijo.

Anne disse...

Belas fotos!!!

P.S - Enquete para escolher o prêmio do primeiro sorteio do Verdades, vote também e participe: http://www.verdadesevariedades.blogspot.com

M. disse...

Fiquei até com uma pontinha de inveja desse pôr-do-sol maravilhoso. rs

Bjossssssssssss!!!

Cami disse...

Iva!
Que fotos maravilhosas.
Eu amoooo pôr-do-sol.
Já tirei várias fotos dele na minha sacada.

Beijão!

Cami disse...

Ami uas fotos!

Bjão!

mfc disse...

Tens uma forma especial de fotografar... uma forma de que gosto muito.

Sandra Rocha disse...

Lindos estes por do sol.
Beijokas.