terça-feira, 23 de março de 2010

Ensaio 9 - Macro: Flores






— Mestre, como faço para não me aborrecer?
Algumas pessoas falam demais, outras são ignorantes.
Algumas são indiferentes. Sinto ódio das que são mentirosas.
Sofro com as que caluniam.
— Pois viva como as flores! - advertiu o mestre.
— Como é viver como as flores? - perguntou o discípulo.
— Repare nestas flores - continuou o mestre, apontando
para uma flor de lótus que
crescia num pequeno banhado.
- Elas nascem num lugar imundo, entretanto,
são puras e perfumadas.
Extraem do adubo malcheiroso tudo que lhes é útil e saudável,
mas não permitem que o azedume da terra
manche o frescor de suas pétalas.
É justo angustiar-se com as próprias culpas,
mas não é sábio permitir que os vícios dos outros o importunem.
Os defeitos deles são deles e não seus.
Se não são seus, não há razão para aborrecimento.
Exercite a virtude de rejeitar todo mal que vem de fora.
Isso é viver como as flores.

4 comentários:

Mylla Galvão disse...

Texto forte o seu Ivany, mas nada como uma lição logo pela manhã para começar bem o dia...
Tb adorei as fotos das flores...

Vem comemorar comigo o aniversário de 1 ano de vida do Ideias de Milene!
Vou esperar por vc!!!

bjs

Multiolhares disse...

Bem podíamos aprender a viver como as flores, faríamos do planeta terra um verdadeiro jardim, as fotos são lindas
beijinhos

continuando assim... disse...

lindas estas flores:::))

bj
teresa

Daniel Savio disse...

Quem dera podemos viver realmente assim...

Fique com Deus, menina Ivany.
Um abraço.